Quem sou eu

Minha foto
Associação Potiguar de Arteterapia

INFORMAÇÕES CNPICS

Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e 
Complementares do Ministério da Saúde informa

Glossário Temático - Práticas Integrativas e Complementares em Saúde e o Manual de Implantação de Serviços de Práticas Integrativas e Complementares no SUS estão disponíveis na biblioteca virtual do Departamento de Atenção Básica (DAB). Essas publicações foram lançadas no 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública (INTERCONGREPICS), que aconteceu em março deste ano.
A oferta de PICS é transversal a toda a Rede de Atenção à Saúde (RAS) e o Ministério da Saúde vem atuando na construção de estratégias que subsidiem gestores para implantação do serviço e ampliação do atendimento à população. A Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CNPICS) oferta cursos de capacitação em algumas práticas, voltados a para os gestores e profissionais de saúde, além de promover a inserção dos recursos terapêuticos em documentos técnicos já existentes, como os Cadernos de Atenção Básica, analisa e divulga indicadores específicos identificados no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ) e nos campos de registro de informação da produção em saúde no e-SUS Atenção Básica.
O Manual é sugere aos gestores do SUS um modelo de Plano de Implantação das PICS, facilitando, o desenvolvimento das práticas de cuidado no território, além de descrever os passos para cadastrar os serviços. “O modelo proposto não é rígido e obrigatório. Conforme as necessidades, especificidades e realidade do território, os municípios poderão ajustar o projeto a cada etapa. O manual é um documento orientador”, explica Daniel Amado, coordenador nacional das PICS, no DAB.
Terminologia da Saúde
O glossário temático das PICS faz parte do Plano de Gestão do Conhecimento do Ministério da Saúde que, instituído em 2010, busca dar visibilidade à gestão do conhecimento institucional, garantir a comunicação interna e externa, contribuir para a melhoria dos processos de tomada de decisão no âmbito da saúde pública e fortalecer a participação social.
Elaborado conjuntamente pelas equipes da CNPICS e da Coordenação-Geral de Documentação e Informação (CGDI/SAA/SE), o material reúne os principais vocábulos utilizados na linguagem do campo de atuação da área técnica. Além de fornecer referências para a compreensão dos termos, o glossário é instrumento para representação e transmissão do conhecimento especializado.
Confira os materiais nos links abaixo:

A Biblioteca Virtual em Saúde em Medicinas Tradicionais, 
Complementares e Integrativas

Biblioteca Virtual em Saúde em Medicinas Tradicionais, Complementares e Integrativas guarda uma ampla produção científica das 29 práticas do SUS, instituídas pelo Ministério da Saúde, e muitas outras. A iniciativa busca facilitar o acesso à informação científica e técnica sobre o tema, além de estimular a colaboração e o fortalecimento de pesquisas.
No lançamento do portal, na cerimônia de abertura do 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Complementares e Saúde Pública (INTERCONGREPICS) que aconteceu em março, no Rio de Janeiro, Dra. Carissa Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), falou da importância da biblioteca para dar um passo à frente dar um passo para alcançar uma Saúde Universal.
“A principal limitação que os Estados Membros se referiam ao desenvolvimento de políticas e regulamentação sobre Medicina Tradicional e Complementar e Integrativa era a falta de dados de pesquisa. Na maioria das vezes, um grande obstáculo é o acesso a informações existentes”, argumentou.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta aos países membros a adoção das PICS nos sistemas nacionais de saúde. No Brasil, as práticas foram reconhecidas e implementadas no SUS, por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), em 2006. As práticas são realizadas em mais de nove mil estabelecimentos de saúde.

Cursos de Introdução as Práticas Integrativas e Complementares

O Ministério da Saúde vem ofertando cursos de introdução às práticas integrativas e complementares em saúde por meio do Ambiente Virtual de Apredizagem do SUS- AVASUS confira abaixo os links:
 1. Curso Introdutório em Práticas Integrativas e Complementares: Práticas Corporais e Mentais da Medicina Tradicional Chinesa

2. Curso Introdutório em Práticas Integrativas e Complementares: Medicina Tradicional Chinesa

3.Curso Introdutório em Práticas Integrativas e Complementares: Antroposofia Aplicada à Saúde

4.Uso de Plantas Medicinais e Fitoterápicos para Agentes Comunitários de Saúde

5.Gestão de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde – PICS

Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - CNPICS

Departamento de Atenção Básica – DAB
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS /  Ministério da Saúde - MS
Brasilia /DF   Fone: (61) 3315-9053  / 3315.9034
Email coordenação: pics@saude.gov.br

BONS TRABALHOS DEVEM SER MULTIPLICADOS


Com satisfação e orgulho que divulgamos o Trabalho de Conclusão de Curso

A PSICOLOGIA ANALÍTICA NO ESPAÇO CLINICO DE ARTETERAPIA
Hanna Celina Barbosa Viveiros
Vejam o Artigo de Hanna no site da Profint! 
E segue link da postagem


CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

ASSOCIAÇÃO POTIGUAR DE ARTETERAPIA
ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA  
Carta de Convocação

Natal, 09 de Janeiro de 2018
   

Pela presente ficam convocados todos arteterapeutas associado(as) à Associação Potiguar de Arteterapia - ASPOART, para participarem da Assembleia Geral Ordinária a se realizar na RUA MARTINS, 03 LAGOA NOVA NATAL - RN CEP 59063-190, no próximo dia 29 de Janeiro de 2018, às 17h00min, com a presença da maioria dos associados regulares com a Associação, ou às 17h30min, em segunda chamada, com pelo menos 1/3 (um terço), dos associados, a fim de tratar dos seguintes assuntos: 1. Votação da anuidade de 2018; 2. Apresentação de proposta de programação da ASPOART para 2018; Outros assuntos.
Esta convocação foi dirigida via correio eletrônico a 37 (trinta e sete) associados e 32 (trinta e dois) grupo do WhatsApp. 
Informamos que só estão aptos a votar, os arteterapeutas que se encontram em situação regular com a Associação Potiguar de Arteterapia - ASPOART.
Na certeza do atendimento a esta convocação, subscrevo-me
Atenciosamente,


Márcia Bottini
Presidente da ASPOART
DIA 16 DE FEVEREIRO DE 2018
INÍCIO DA PÓS-GRADUAÇÃO
MÓDULO
HISTÓRIA DA ARTE, TERAPIAS ARTÍSTICAS
 E ARTES VISUAIS







MÓDULOS
1 História da Arte, Terapias Artísticas e Artes Visuais
2 Processos Criativos no Desenvolvimento da Consciência
3 Dinâmica da Psique em Psicologia Analítica
4 Expressões Artísticas como Recurso Terapêutico
5 Cerâmica. Barro, Argila e Aplicações na Arteterapia
6 Oficinas Criativas e Funções Junguianas
7 Linguagem Corporal: Técnicas e Aplicações
8 Fundamentos da Arteterapia: Métodos, Técnicas e Recursos
9 Construindo a Ação Profissional (Workshop)
10 Prática Arteterapêutica
11 Supervisão da Prática
12 Música: Uso e Aplicação em Contexto Terapêutico
13 Desenvolvimento humano e a Compreensão do trabalho com grupos
14 Psicopatologia Aplicada a Arteterapia
15 Linguagem Simbólica: Mitos, Símbolos e Arquétipos
16 Metodologia Científica
17 Trans-form-ações (Workshop)
18 SEMINÁRIO de Práticas: Apresentação do estágio
19 SEMINÁRIO DE PESQUISA (apresentação do TCC)


Coordenação do curso: Márcia Bertelli Bottini e Luzia Sampaio de Athayde.
Docentes - Professores Doutores, Mestres e Especialistas das FIP e/ou profissionais de igual titulação convidados de outras IES.


INFORMAÇÕES:
(84) 3206-072 - /8723-0727 
E-mail: coordenacao@cfaz.com.br 
WHATSAPP: (84) 9821-0666